• Grupo Ferrante

Manutenção do radiocomunicador: quando, por que e como fazer

Depois que todos conhecem, na prática, os benefícios de um radiocomunicador, sua utilização torna-se indispensável. Seja no segmento industrial, civil, no agronegócio, na área da saúde ou de segurança. O equipamento oferece agilidade, confiabilidade e clareza na comunicação entre os profissionais que trabalham nesses setores.


No entanto, assim como outros aparelhos eletrônicos, os rádios estão sujeitos aos efeitos do tempo, o que torna necessário a realização de manutenções periódicas para garantir o seu pleno funcionamento.


Neste artigo, vamos mostrar porque é importante fazer a manutenção do radiocomunicador e quais seus benefícios. Você também saberá quando realizar o reparo técnico no aparelho e quais empresas são indicadas para executar o trabalho. Acompanhe!


Por que fazer a manutenção do seu radiocomunicador?


Para entender melhor a importância de fazer a manutenção do seu radiocomunicador, associe ao seguinte exemplo.


Um carro, quando sai de uma concessionária, normalmente, está em perfeitas condições de rodar vários quilômetros na sua velocidade máxima, certo? Porém, para manter essa performance, é aconselhável pelos mecânicos e consultores de automóveis realizar uma manutenção de forma periódica.


Se feita de forma preventiva, por exemplo, o mecânico consegue verificar se há a necessidade de trocar alguma peça que esteja desgastada, analisar o estado dos pneus e a quantidade de água no motor. Tudo isso evitará problemas futuros ao motorista.


O mesmo acontece com os rádios. Por mais que o usuário tome todo o cuidado necessário no manuseio, pode acontecer do aparelho apresentar alguns problemas técnicos, seja por alguma ação indevida ou desgaste pelo tempo.


Ao passar pela manutenção, o problema será corrigido e o aparelho voltará a funcionar com eficiência. Mas, para isso, é importante encaminhá-lo para uma assistência técnica de confiança, como falaremos mais adiante.


Vantagens de realizar a manutenção do radiocomunicador


A manutenção do radiocomunicador, se feita periodicamente e com uma empresa com credibilidade, proporciona uma série de benefícios ao usuário.


  • Evita danos permanentes às peças;

  • Evita o surgimento de problemas inesperados no aparelho;

  • Mantêm o seu pleno funcionamento;

  • As peças e o equipamento são preservados;

  • Aumenta o seu tempo de vida útil.


Esse cuidado também é importante porque impede a queda no rendimento das atividades executadas com o rádio.


Tipos de manutenção em radiocomunicadores


Como mostramos, a manutenção é um dos fatores necessários que garantem o funcionamento eficaz dos radiocomunicadores. Porém, é importante destacar que ela é dividida em três modalidades. Confira quais são.


Manutenção detectiva


Como o próprio nome sugere, o objetivo da manutenção detectiva é apontar possíveis falhas (visíveis ou ocultas) que tenham causado algum dano ao dispositivo. Ao mesmo tempo, ela é realizada para aumentar a vida útil e a sua eficiência a longo prazo.

Normalmente, nesse tipo de manutenção, o rádio é analisado ainda em funcionamento. Dessa forma, é mais fácil detectar o problema, especialmente se ele for oculto.


Manutenção corretiva


Já a manutenção corretiva é realizada para corrigir falhas e reparar algum dano que esteja comprometendo o funcionamento do aparelho, seja pelo tempo de uso ou por alguma ação indevida.


Assim, esse tipo de reparo é solicitado, geralmente, quando o problema já aconteceu ou foi detectado. O processo é feito para “corrigi-lo.”


Manutenção preventiva


Sabe aquele ditado famoso que diz que “é melhor prevenir do que remediar”? Então, ele funciona perfeitamente nesse caso. Isso porque, o radiocomunicador, na manutenção preventiva, passa por uma rodada de testes para impedir qualquer falha futura.


De forma geral, ela é realizada para minimizar as chances de falhas que levam ao mau funcionamento do aparelho e evitar a troca de peças. O procedimento também aumenta o tempo de vida útil do equipamento.


Sinais que indicam que seu rádio precisa de manutenção


Mas como saber se o meu rádio precisa de manutenção?


Só é possível saber observando o aparelho. Se ele apresentar algumas das características abaixo, é porque ele precisa de reparos. Veja quais são:


  • Bateria pouco durável;

  • Problemas recorrentes de transmissão;

  • Botões sem acionamento;

  • Rosca da antena solta;

  • Aparelho que funciona apenas no modo escuta.

Quais empresas devem fazer a manutenção do rádio?


Tão importante quanto fazer a manutenção do radiocomunicador é escolher uma empresa confiável para executar o trabalho. Além de ser especializada em radiocomunicação, ela deve ser certificada e autorizada para prestar esse tipo de assistência técnica.


Ao fazer os reparos com uma empresa autorizada, você tem a certeza de que seu aparelho receberá peças originais e saberá que ela segue os critérios que asseguram a excelência nos processos. Além disso, a garantia do seu rádio é mantida, o que não aconteceria com uma organização não autorizada.


Grupo Ferrante: referência em radiocomunicação


Agora que você já sabe a importância de fazer a manutenção do seu aparelho, o que acha de deixá-lo em boas mãos?


O Grupo Ferrante, empresa com Serviço Autorizado Motorola (SAM) há 7 anos, possui um laboratório moderno e uma equipe técnica altamente qualificada para realizar os reparos do seu radiocomunicador.


Também temos o selo ISO 9001, que assegura a qualidade em todas as etapas dos serviços executados.


Entre em contato conosco e tenha a melhor equipe oferecendo assistência técnica ao seu aparelho.


0 visualização0 comentário
whatsapp-logo-1.png